“Terremoto : A Falha de San Andreas”: uma comédia da pesada!

Dwayne Johnson é, sem dúvida alguma, um ator muito carismático. Com um físico esculpido a muita malhação e bastante treinamento de luta livre, seu sucesso como herói de ação seria apenas questão de tempo. Depois de se consagrar como coadjuvante e dividir os holofotes com outros atores em filmes como “O Retorno da Múmia”, “Sem Dor, Sem Ganho”, “G.I. Joe” e os três últimos “Velozes e Furiosos”, chegou a vez de sua estrela brilhar sozinha. Ou melhor, essa era a intenção. Se os produtores não tivessem se empolgado demais e tivessem tido um pouco de cuidado com o exagero, digamos assim, em tudo, ele poderia ter se safado dessa crítica.

Rápido e rasteiro. Um pai, piloto de helicóptero de resgate, tem que juntar forças com a ex-mulher para tentarem encontrar a filha desaparecida depois que um terremoto de grande escala destrói a Califórnia.

Emoldurado como se fosse um tremendo filme catástrofe inspirado no melhor de Roland Emmerich, “Terremoto : A Falha de San Andreas” (San Andreas) não passa de uma penca de clichês ultra batidos que forçam tanto a barra para juntar um caco de história, que o máximo que consegue é gerar altas gargalhadas. E como se isso não fosse o bastante, ainda insistiram em intercalar momentos de ação com pausas regadas a trilha sonora brega angelical para Dwayne exibir seu lado dramático – um tanto raquítico. O ápice da canastrice é quando rola a maldita lágrima solitária escorrendo num olho só. Haja paciência.

Assista o trailer abaixo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s